Blog, Reparação de Guitarras

Substituição de trussrod e troca de trastes numa Fender Bullet Deluxe

Típico caso 2 em 1. Esta guitarra merece um artigo pela sua raridade. Fender Bullet Deluxe, um modelo de baixa/média gama que a Fender lançou em inícios de 80´.

Assim como muitas Mustang possui uma escala muito fina, o que seria uma possível dor de cabeça na hora de retirar a escala. Mas tal não aconteceu.

No caso desta guitarra teríamos de:

  • Substituir o trussrod, dado que o nosso cliente desconfiava que estivesse partido.
  • Substituição dos trastes dado que os actuais já estavam bastante gastos.
  • Efectuar o serviço em apenas 2 dias.
  • Não re-envernizar o braço para não alterar o verniz original.

Sendo assim, mal o braço deu entrada procedemos à sua desmontagem:

Fizemos uma avaliação do trussrod, de facto, a porca rodava livremente o que por si só é péssimo sinal.

Retiramos os trastes depois de descolar a escala. Preferimos fazer nesta sequência para evitar que a escala partisse pelos sulcos.

Para além disso, o calor ajudaria a soltar os trastes. A escala fina não foi problema algum, como inicialmente pensei, antes pelo contrário, o calor passou mais depressa para descolar a nossa escala. Com uma espátula foi um instante!

Fender Bullet Deluxe (1)

Fui ver qual foi a causa da falha e cheguei a conclusão de que foi um esforço que destruiu a rosca do varão do trussrod. Como recomendação só posso dizer que devem evitar apertar em demasia. Isso de apertar 1/4 de volta todos os dias durante um mês é um mito. A porca chegando ao fim não vale a pena apertar mais….

Lamentavelmente não tínhamos em stock um trussrod tradicional com aquela espessura. Sendo assim, recomendamos um trussrod com reforço. Para adaptar o braço ao novo tipo de trussrod bastou utilizar a nossa nova tupia, uma Makita ref: 700. Aplicamos uma fresa com a espessura do trussrod ( 6,34mm ou 1/4″) e ajustamos a medida da altura.

Fender Bullet Deluxe (2)

Fender Bullet Deluxe (3)

Aplicamos o novo trussrod, e deixamos prensado durante 24h.

No dia seguinte alisamos a escala com a nossa barra rectificadora e aplicamos trastes medium-jumbo. (É um processo moroso que algum dia explicaremos passo a passo).

Fender Bullet Deluxe (4)

Manualmente aplicamos umas demãos ligeiras de verniz na zona da junção. Este é um trabalho ingrato pois nunca fica a 100% se for feito desta maneira. O ideal seria desbastar o braço e voltar a envernizar.

Testamos o nosso trabalho e nos apercebemos do único inconveniente do nosso serviço. A pestana estava baixa.

Por costume, ao substituir os trastes também substituímos a pestana, mas como o nosso cliente nos pediu para manter a peça original aplicamos pó de osso nos sulcos com cianoacrilatos.

O resultado, como de costume, é sempre satisfatório.

Fender Bullet Deluxe (5)

Receba Artigos; Dicas e muito mais sobre Guitarras!


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *